26 de abr de 2011

Greve na UNEB




Reunidos em Assembleia Geral, na manhã de hoje (26/04/2011), os professores da UNEB deflagraram greve por tempo indeterminado. Com a participação de 187 professores, apenas 30 votos foram contrários e 19 abstenções. A greve é pela retirada da cláusula da “mordaça” do acordo de incorporação da CET, que congela os salários dos professores por 4 anos, e pela revogação do decreto intervencionista de contingenciamento 12.583. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário